Boas técnicas de memorização para facilitar a sua vida

teécnicas-de-memorização

Há algum tempo tenho notado que a busca por técnicas de memorização tem crescido consideravelmente na internet. Eu mesmo tenho muito interesse em ampliar minha capacidade de memorizar cada vez mais, já que eu tenho lidado com uma grande quantidade de informações.

Em outros casos, a necessidade pode ser outra. Algumas pessoas têm dificuldades de memorizar informações que elas acabaram de ouvir. Outras, se esquecem facilmente do lugar onde acabaram de colocar seus objetos pessoais como carteira, celular ou dinheiro (e quem nunca passou por isso, não é verdade?).

Em uma outra situação, existem pessoas que aprendem e pouco tempo depois se esquecem de tudo o que foi aprendido. Essa situação faz com que muitos estudantes fiquem aterrorizados com medo de se esquecerem de tudo na hora do vestibular: o temido “branco”.

Independe se você quer se destacar na vida pessoal ou profissional, ter uma boa memória é um dos elementos chaves para que alcance este resultado.

É fato que a tensão emocional faz com que a pessoa não memorize aquilo que ela ouve, assim como colocar objetos fora do alcance visual facilita o esquecimento dos mesmos.

Fatores emocionais como ansiedade, depressão ou estresse podem influenciar na capacidade de memorizar de qualquer um, principalmente se a pessoa não tiver fixado bem o que ela estudou.

Ao longo deste artigo, eu irei compartilhar conceitos simples e práticos sobre memorização. Confira os tópicos:

Está achando este assunto interessante? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais para que mais pessoas possam ter acesso.

Espero que que aproveite todo conteúdo ao máximo. Boa leitura!

Esqueceu de tudo o que ouviu?

Muitas pessoas se esquecem daquilo que acabaram de ouvir, seja por telefone ou cara a cara. Essa situação acaba se tornando um grande desafio em alguns momentos, principalmente naqueles de execução de instruções emergenciais.

Algumas pessoas ficam tão tensas em momentos decisivos, que não conseguem se controlar e prestar atenção naquilo que é dito para elas. Isso leva a falsa crença de que há algo errado com as pessoas, sendo que os problemas de esquecimentos podem ser resolvidos com técnicas para lembrar.

Qualquer pessoa tem a capacidade de memorizar aquilo que lhe foi dito, desde que ela não tenha nenhum problema neurológico. Em alguns casos a pessoa fica tão tensa em momentos críticos, que ela se torna incapaz de reter instruções e informações importantes.

O melhor a se fazer em momentos assim, por mais desafiadores que eles possam parecer, é ficar calmo. É muito difícil para mim ou para você, prestarmos atenção ou memorizarmos informações num estado de desespero. Pense a respeito.

Agora, quando você está calmo e tranquilo, o seu cérebro processará aquela informação muito mais facilmente. O controle emocional é o grande segredo que faz toda a diferença. Outro ponto importante é você eliminar ideias que possam prejudicar você de internalizar informações.

Essas ideias negativas fazem com que você deixe de explorar o seu verdadeiro potencial. Por exemplo: quando você diz para si mesmo “eu sou incapaz de memorizar aquilo que ouço”, o que você faz na verdade é enviar um comando para o seu cérebro para que ele bloqueie aquilo que precisa ser memorizado.

É importante prestar atenção nas afirmações que você está fazendo para si mesmo, pois elas podem criar a sua realidade. Por esse motivo é importante você confiar em si mesmo e na sua capacidade de memorizar qualquer coisa que precisa ou tem vontade. Essa capacidade já existe dentro de você. Tudo o que tem de fazer é explorá-la!

Este simples conceito pode mudar para melhor a forma como você armazena informações quando ouve. Muitas vezes deixamos de aplicar estratégias para lembrar rápido que poderiam facilitar a nossa vida. O preço desse esquecimento pode trazer grandes prejuízos emocionais e financeiros.

Está gostando do artigo? Então cadastre seu email abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes e determinados do FocusLife para ser um dos primeiros a receber novos conteúdos.

CONTEÚDO VIP

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente artigos, vídeos e mensagens para o seu desenvolvimento pessoal e profissional em primeira mão!>

Esquecimento de objetos em poucos minutos

Da mesma maneira que algumas pessoas têm dificuldades para memorizar algo que acabaram de ouvir, outras se esquecem em poucos minutos do lugar onde colocaram seus objetos. Celular, chave, carteira, cartão e dinheiro, são os objetos que desaparecem com mais facilidade da nossa vista.

O simples ato de colocar qualquer um desses objetos próximos, em um lugar que possam ser vistos, dificulta e muito o esquecimento deles. Afastá-los de você pode ser um grande risco emocional e financeiramente falando.

No meio de tanta tecnologia e outros elementos para desviar a nossa atenção, basta um descuido e pronto: lá se foi aquele IPhone que acabou de comprar a pouco tempo. Felizmente, você pode tomar algumas medidas preventivas, para não esquecer esses tipos de objetos importantes. Veja alguns passos abaixo:

Priorize os objetos mais usados por você no dia a dia para que não se esqueça deles nunca: carteira, celular, chaves (casa, escritório ou carro), relógio, pen drive, crachá de trabalho, bolsa, documentos, cartão de credito ou débito, dinheiro. Lembre-se de deixá-los sempre próximos a você, de maneira que possa visualizá-los ao sair de casa ou do trabalho.

Você pode até mesmo guardá-los em uma cesta ou recipiente amplo para que fiquem todos juntos. Essa ação fará você lembrar dos objetos mais importantes que precisam ser levados toda vez que sair de casa. Com o tempo e repetição, essa ação se tornará um hábito automático.

Para completar, você poderá ter um caderno ou aplicativo no celular como o Evernote, com os itens mais importantes anotados em forma de um “checklist”. Assim, você não esquecerá de nada.

Nesse tópico eu compartilhei algumas estratégias para lembrar rápido objetos que antes eram esquecidos facilmente. Devemos treinar o cérebro para que ele aprenda o que é importante e para que não mais esqueça. Veremos mais sobre este conceito no próximo tópico.

Aprender e esquecer tudo rapidamente

técnicas-para-memorizar

Não há nada pior do que passar pela experiência de aprender algo e logo se esquecer de tudo rapidamente. Percebo que essa situação tem se tornado um grande problema para algumas pessoas, principalmente para os estudantes.

Vale lembrar que fatores emocionais como ansiedade, depressão ou estresse podem influenciar na retenção do aprendizado. É fato que muitas pessoas aprendem e não repetem o suficiente o que aprenderam, para que o cérebro memorize as informações de fato.

Milhares de buscas como “técnicas de memorização para concursos” ou “técnicas de memorização grátis” são feitas mensalmente nos buscadores mais populares.

A pergunta é: você precisa realmente seguir um método para memorizar? A resposta é sim! Sem um método dificilmente você conseguirá memorizar o que aprendeu. Existem alguns passos que você pode seguir para melhorar a sua retenção. Vamos ver quais são eles:

Explique para si mesmo: faça uma explicação para você mesmo daquilo que você acabou de aprender, só que com suas próprias palavras. Essa ação ajudará na compreensão do aprendizado, elemento chave para que você memorize com eficácia.

Coloque emoção naquilo que está aprendendo: o nosso cérebro memoriza muito mais quando há emoção envolvida. Tenha interesse naquilo que você está aprendendo. Coloque um pouco de entusiasmo e empolgação. Use um pouco de criatividade!

Ninguém consegue memorizar nada em um estado emocional de desânimo. Faz sentido?

Identifique pontos chaves: busque identificar frases importantes dentro dos parágrafos que resumem o conteúdo que você está aprendendo. Geralmente, você os encontra em forma de lista que destacam pontos relevantes do seu estudo.

Essas simples ações o ajudarão a se lembrar mais facilmente. O não entendimento desses princípios faz com que muitas pessoas tenham o tão temido “branco” na hora do vestibular. E é sobre esse assunto que irei abordar no próximo tópico.

Está gostando do artigo? Então cadastre seu email abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes e determinados do FocusLife para ser um dos primeiros a receber novos conteúdos.

CONTEÚDO VIP

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente artigos, vídeos e mensagens para o seu desenvolvimento pessoal e profissional em primeira mão!>

O tão temido branco na hora do vestibular

Muitos estudantes sofrem por antecipação de um medo muito conhecido na hora de prestar o vestibular: o medo do “branco”. Embora existam várias estratégias para lembrar em provas, muitas pessoas temem esquecer de tudo o que foi aprendido quando se imaginam no momento decisivo.

Se o aluno não tiver fixado bem o conteúdo estudado, ele poderá correr o risco de não ter um bom desempenho. A memorização como qualquer outra habilidade, precisa de muita prática e com muito foco, para que a pessoa consiga usufruí-la ao máximo. Se você se preparar com dedicação e empenho, aumentará imensamente as suas chances de bons resultados.

Existem pontos importantes que podem fazer uma grande diferença na hora do vestibular. Basicamente, o estudante deve cuidar do aprendizado, da fixação do que foi estudado, da alimentação, descanso e controle emocional.

Antes de mais nada, deve-se planejar a rotina de estudo. É preciso prestar muita atenção nas aulas, sejam elas cursinhos ou ensino médio. Os exercícios devem ser feitos em casa, para que sejam revisados. Deixe para tirar as dúvidas com os professores.

Leia revistas e jornais para se preparar para as redações, e também ficar por dentro do que acontece na atualidade. A pratica de atividade física, descanso e lazer moderado, também são essenciais para os vestibulandos. Já as baladas… podem prejudicar o raciocínio. Busque se divertir de maneira saudável, moderada e sem exageros.

Alimente-se de maneira saudável e equilibrada. Faça de cinco a seis refeições por dia, incluindo café da manhã, almoço, jantar e refeições leves durante os intervalos. Prefira alimentos naturais como frutas, verduras e legumes. Peixes e linhaça ajudam a fortalecer as funções do cérebro.

Controle a ansiedade. Pense comigo: se você se prepara através dos estudos, pratica atividade física, descansa e se alimenta bem, automaticamente você terá um corpo e uma mente equilibrada. Quando se sentir ansioso, comece a prestar atenção na sua respiração.

Já percebeu como você respira quando está irritado? A respiração fica presa, diferente de quando você está descontraído e à vontade. Você pode controlar a ansiedade através da sua respiração. Inspire e expire profundamente por várias vezes ao dia. Essa ação fará com que você se sinta mais presente e menos preocupado com o futuro.

Com essas ações aplicadas você terá muito mais confiança e entusiasmo na hora do vestibular. Espero que esses conceitos tenham feito sentido para você. Se você aplicá-los, irá conseguir bons resultados.

Considerações finais

Neste artigo você viu que é possível memorizar informações que acabamos de ouvir através de técnicas para lembrar. Algumas dessas técnicas são tão eficazes e poderosas, que são capazes de nos fazer lembrar rapidamente de objetos que antes “sumiam” com facilidade.

Quando empregamos mais controle emocional e mais esforço, podemos aprender e memorizar muito mais informações do que imaginamos. Sendo assim, aproveitamos o incrível potencial de armazenagem que o nosso cérebro tem.

O tão temido “branco” na hora do vestibular pode ser superado quando se prepara o corpo e a mente de forma adequada. Por esse motivo, devemos aplicar uma dose de repetição em nossas nossas ações.

Carrego comigo uma frase que me inspira em momentos de novos tipos de aprendizados:

A repetição é a mãe da habilidade. – Anthony Robbins

Espero que essas informações tenham ajudado você a se sentir mais confiante em usar a sua memória sem medo.

Eu adoraria saber se este conteúdo foi relevante para você. Sinta-se à vontade em compartilhá-lo com os seus amigos e parentes nas redes sociais.

Até o próximo.

CONTEÚDO VIP

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente artigos, vídeos e mensagens para o seu desenvolvimento pessoal e profissional em primeira mão!>

  • Alessandro

    Conteúdo que agrega valor.

  • ASC

    Conteúdo que agrega valor.