Como mudar hábitos negativos em 5 passos

 

hábitos-negativos

Você gostaria de mudar hábitos negativos que estão prejudicando a sua vida? Tem algum comportamento que o incomoda ou atrapalha a conquista dos seus resultados no dia a dia?

Saiba que todos nós estamos sujeitos a hábitos limitantes que, muitas vezes, nos impedem de conseguir resultados favoráveis em nossa vida pessoal e profissional.

Além das áreas citadas, nossa saúde física, mental, emocional, financeira, social e espiritual também são afetadas drasticamente quando temos maus hábitos.

Algumas pessoas desenvolvem o hábito de fumar, e outras desenvolvem o hábito de tomar bebida alcoólica em excesso. Sem contar aquelas que ficam horas na frente da televisão perdendo tempo.

Existem hábitos ruins como  gritar com os filhos, estressar-se facilmente, falar mal dos outros, consumismo impulsivo, vitimizar-se etc.

Não precisamos sentir dor, ter problemas de saúde ou mesmo quebrar financeiramente para mudarmos esses hábitos negativos.

Se estivermos conscientes dos resultados que os nossos hábitos têm nos proporcionado, podemos modificá-los e criar novos hábitos mais positivos.

Está achando este assunto interessante? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais para que mais pessoas possam ter acesso.

Nesse artigo eu irei compartilhar com você os cinco passos para mudar qualquer hábito limitante. Veja quais são eles:

1 – Seja honesto e reconheça o hábito destrutivo
2 – Crie dor em continuar com o hábito ruim e prazer em substituí-lo por um positivo
3 – Crie opções mais criativas e positivas 
4 – Mude o seu “mindset”
5 – Condicione o novo hábito até que se torne duradouro

Assista ao vídeo:

1 – Seja honesto e reconheça o hábito destrutivo

O primeiro passo, é você reconhecer o seu hábito negativo. Você deve ser honesto consigo mesmo e ter coragem para altera-lo.

Nem sempre é fácil assumirmos nossos maus hábitos. Na maioria das vezes, temos uma intenção positiva puramente emocional, e tentamos justificar o nosso comportamento através do nosso intelecto.

O problema é que a intenção positiva pode trazer resultados prejudiciais. Vamos analisar os exemplos:

  • Se alguém gasta dinheiro mais do que recebe, então essa pessoa tem um hábito limitante que precisa ser mudado.
  • Se alguém tem o hábito de gritar com as pessoas, então este alguém tem de mudar este hábito e criar um mais respeitoso.
  • Se alguém tem o hábito de comer em excesso, cabe a pessoa mudar este hábito e criar um outro hábito mais saudável.

Ser honesto com nós mesmos e analisar o que é mais importante em nossa vida, e tomar uma decisão transformadora a respeito, fará com que os nossos resultados sejam bem mais positivos.

Nós somos muito mais que os nossos hábitos. Podemos assumir o controle de nossa vida, no momento em que somos honestos e elevamos os nossos padrões.

No entanto, devemos ter a percepção para enxergar os resultados que estamos gerando, com os hábitos atuais. Se esses estiverem nos afastando dos nossos resultados desejados, cabe a nós mudá-los.

2 – Crie dor em continuar com o hábito ruim e prazer em substituí-lo por um positivo

Depois de ser honesto consigo mesmo, e reconhecer o seu hábito destrutivo, é hora de associar dor a ele.

Associar dor significa olhar as consequências negativas que estão sendo geradas no presente, e que possivelmente podem se repetir no futuro, caso não ocorra a mudança de hábito.

Essa técnica é também conhecida como alavanca. Você deve criar um ponto de pressão emocional tão forte, que fará com que você realize a mudança de hábito. A dor neste sentido, é totalmente emocional.

Eis algumas técnicas que você pode seguir:

  • Imagine as consequências: Imagine o que acontecerá no futuro, se continuar com o hábito limitante.
  • Faça perguntas: você direcionará a sua vida para o caminho que realmente deseja, se continuar com esse hábito ruim? Se sentirá realizado? Ou se arrependerá de não ter feito uma nova escolha?

É importante que você consiga enxergar as consequências que o seu hábito limitante atual acarretará no futuro, e como ele afetará cada área da sua vida pessoal e profissional.

Se fizer isso com intensidade emocional e foco na mudança, você possivelmente conseguirá associar dor ao comportamento presente, fazendo com que voce mesmo mova em direção de resultados mais atraentes e positivos .

Associe prazer a mudança de novos hábitos

Agora, inverta o processo: associe prazer ao mudar de hábito.

Quais benefícios que a mudança de hábito proporcionará em sua vida? Como a sua vida será melhorada em termos físicos, mentais, emocionais, financeiros e espirituais?

Quem mais será beneficiado pela sua decisão de mudança? Recomendo a você que também leia este artigo: 5 passos para solucionar problemas rapidamente.

Quanto mais prazer associar a mudança, mais entusiasmado você se sentirá em realizá-la.

O ideal, é você escrever uma lista dos benefícios que a mudança trará em sua vida. Liste todos os pontos positivos.

Está gostando do artigo? Então cadastre seu email abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes e determinados do FocusLife para ser um dos primeiros a receber novos conteúdos.

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do site!>

3 – Crie opções mais criativas e positivas

Ok! Você decidiu mudar de hábito. Já sabe exatamente quais benefícios terá em sua vida, com a criação de um novo e positivo hábito.

Agora, é hora de usar sua parte criativa para efetivamente criar uma nova resposta; um novo comportamento. Você precisa criar um novo hábito positivo para substituir o hábito negativo.

Nossa parte criativa tem um grande potencial. Precisamos explorá-la até que encontremos respostas (opções positivas). Você tem que acreditar que é capaz de encontrar essas opções.

Escolha de forma consciente um novo hábito positivo.

Lembre-se que depois de passar pelas 4 fases do aprendizado, o seu comportamento torna-se automático.

Você pode fazer isso conscientemente. Veja o exemplo:

  • Eu escolho correr ou exercitar, no lugar de me sentir preocupado.
  • Eu escolho escrever ou ler, no lugar de me sentir deprimido.
  • Eu escolho entrar em ação no lugar de procrastinar.
  • Eu escolho economizar e cuidar das minhas finanças, no lugar de gastar todo o meu dinheiro.
  • Eu escolho ter uma vida mais saudável, no lugar de fumar.

Você pode também estudar pessoas que já conseguiram mudar hábitos negativos. Descubra quais foram as novas crenças e ideais que elas adotaram, que as possibilitaram mudar seus comportamentos.

Se você se comprometer consigo mesmo em mudar seus comportamentos, com certeza, você conseguirá alcançar seus resultados. Mude de atitude e tome sua decisão.

4 – Mude o seu “mindset”

A grande dificuldade que muitas pessoas enfrentam, quando o assunto é mudar de hábito, é tentar mudar apenas o comportamento sem antes mudar o “mindset” (mentalidade).

E como mudamos nossa mentalidade? É preciso primeiramente termos um objetivo definido. Devemos saber o que queremos alcançar em nossa vida pessoal. profissional e financeira. Depois disso, devemos criar pensamentos, emoções, crenças e valores que apoiarão o novo hábito.

Por exemplo, quando decidi que queria ajudar outras pessoas a alcançarem objetivos, tive que desenvolver um novo tipo de “mindset”. Sempre busco novas informações e novas estratégias para aplicar em minha própria vida. E é exatamente isso que estou fazendo neste artigo!

Este é meu novo mindset: Compartilhar informações, técnicas e conceitos que possam ajudar as outras pessoas a levarem suas vidas ao próximo nível.

Mudei minhas crenças limitantes que não me permitiam fazer o eu que faço hoje, como escrever artigos, escrever livros e gravar vídeos. Essas ações nem sempre foram atividades que eu realizava.

Com esses novos hábitos, tenho aumentado consideravelmente minha produtividade, além de ajudar muitas pessoas com a minha mensagem.

Mais do que simplesmente mudarmos nossos hábitos antigos, devemos configurar nossa mente para que ela opere da melhor forma possível.

Se uma pessoa deseja perder peso, além de exercícios físicos, essa pessoa precisa pensar como uma pessoa saudável pensa; mudar crenças sobre alimentos que prejudicam a saúde; associar prazer ao hábito de fazer exercícios; buscar por mais referências que apoiem seu novo comportamento.

Isso aplica a qualquer tipo de mudança de hábito. Isto é neurociência na prática!

5 – Condicione o novo hábito até que se torne duradouro

É fato que condicionamento mental e comportamental, farão com que os novos hábitos positivos sejam duradouros. E neste ponto, podemos usar uma técnica da PNL conhecida como âncora. O que é uma âncora? Qualquer estímulo que recebemos através de algum dos nossos cinco sentidos, que nos induzem a um determinado estado emocional.

Em outras palavras, toda vez que vemos, ouvimos ou sentimos alguma coisa que nos induz certas emoções ou sensações, fazemos uso de uma âncora. Não entrarei a fundo neste conceito, pois seria necessário outro artigo para explicar detalhadamente esse processo.

No entanto, é fácil e rápido ancorarmos hábitos positivos para obtermos resultados mais duradouros. Por exemplo, você pode usar a visualização e imaginar a si mesmo várias vezes realizando o novo hábito positivo que escolheu.

Suponhamos que decidiu parar de ter pensamentos negativos, e no lugar deles, ler algum livro de desenvolvimento pessoal. Você pode imaginar uma situação que antes o fazia pensar negativo, e mudar a associação criando outra imagem em sua mente, em que você pega o seu livro e o lê.

Se você fizer isso várias vezes, você condicionará o seu cérebro a ter essa resposta instantaneamente, toda vez que tiver um pensamento tóxico. Você vai tomar a ação de ler no lugar de pensar negativo.

O mesmo se aplica para quem deseja parar de comer em excesso. No lugar de comer em excesso, a pessoa se imagina fazendo exercícios e tendo todos os benefícios da sua ação. Com intensidade emocional e repetição, você será capaz criar um novo caminho neurológico, criando outra resposta mais positiva.

Esteja disposto a alcançar resultados satisfatórios

Se você chegou até aqui, saiba que você é um vitorioso(a). Muitas pessoas querem conseguir resultados satisfatórios na vida. No entanto, elas não querem pagar o preço e não querem se esforçar em mudar seus hábitos limitantes.

Sim, para levarmos nossa vida para o próximo nível, temos que sair da nossa zona de conforto e realizarmos comportamentos e atividades que podem parecer difíceis de serem realizados no primeiro momento, mas elas farão toda diferença no futuro.

Outro ponto importante que você deve ficar atento quando estiver executando seu novo hábito, é cercar-se de pessoas que têm os mesmos objetivos e propósito que os seus. Se você decidiu ter uma vida mais saudável, por exemplo, não faz sentido você ter amigos que adoram se embebedar e ir para baladas frequentemente.

É preciso estar atento aos tipos de amizades e companhias que apoiarão sua decisão de ter um hábito mais positivo.

No artigo 8 atitudes negativas que podem aniquilar a sua motivação, falo da importância de escolher boas amizades, para que continuemos alinhados aos nossos objetivos.

Espero que este artigo tenha lhe ajudado de alguma forma. Caso tenha gostado, compartilhe-o para que mais pessoas possam ter acesso.

E para finalizar este artigo, quero convidá-lo a comentar, deixar sua dúvida ou mesmo expor o seu ponto de vista. Sua participação é extremamente importante!

O que achou deste artigo? Deixe o seu comentário logo abaixo!

Até o próximo!

  • Tati

    Olá Luiz Felipe.
    Descobri a poucos dias seu canal no Youtube e estou gostando muito!
    Tenho trabalhado em minhas crenças limitantes (do video 5 Passos Para Vencer Crenças Limitantes Facilmente).

    Quanto a hábitos negativos, eu identifico vários: roer unhas, compulsão por doces, procrastinação, consumismo… e definitivamente quero mudar!
    Vou seguir os passos q voce ensina e espero ter sucesso!

    Obrigada pelas dicas!

    Sucesso p/ nós =D

    Tati

    • Olá Tati. Que legal você ter me encontrado no YouTube, e, também fico feliz em saber que você está gostando do conteúdo! Quanto a mudança de hábitos negativos, experimente mudar um hábito por mês (é o que eu faço). Assim, você se sentirá mais motivada a aplicar o processo em cada hábito que desejar mudar. E com certeza, você terá sucesso na sua jornada. Obrigado pelo comentário e um grande abraço!

  • Rodrigo Vieira

    Por que você não implanta o sistema de comentários Disqus neste website, Luiz?

  • Rodrigo Vieira

    Ótimo artigo, Luiz! 🙂

    Aliás, adorei a mudança para o sistema Disqus 🙂

  • Rodrigo Vieira

    Ótimo artigo, Luiz! 🙂

    Aliás, adorei a mudança para o sistema Disqus 🙂

  • Gostei muito do seu site e de todo o material, especialmente sobre crenças limitantes. Jorge

  • Thiago Fiuza Rosman

    Fico muito feliz de conhecer uma pessoa como você, e saber que a sua motivação é ajudar pessoas a se desenvolverem. Sou Thiago Fiuza da empresa bemcomum, nosso fim é despertar pessoas para o verdadeiro propósito na vida. Somos um hub onde pessoas/profissionais, são despertadas e direcionadas a servirem umas as outras através daquilo que elas sabem fazer. Gostaria de conversar mais contigo, somos de Joinville/Sc. Meu e-mail é fiuza@bemcomum.org. Grande abraço.

    • Olá Thiago.
      Bacana saber que vocês também são agentes de mudança!
      Se quiser entrar em contato, basta deixar uma mensagem em http:focuslife.com.br/contato que eu responderei.
      Abraços!

  • Thiago Fiuza Rosman

    Fico muito feliz de conhecer uma pessoa como você, e saber que a sua motivação é ajudar pessoas a se desenvolverem. Sou Thiago Fiuza da empresa bemcomum, nosso fim é despertar pessoas para o verdadeiro propósito na vida. Somos um hub onde pessoas/profissionais, são despertadas e direcionadas a servirem umas as outras através daquilo que elas sabem fazer. Gostaria de conversar mais contigo, somos de Joinville/Sc. Meu e-mail é fiuza@bemcomum.org. Grande abraço.

    • Olá Thiago.
      Bacana saber que vocês também são agentes de mudança!
      Se quiser entrar em contato, basta deixar uma mensagem em http:focuslife.com.br/contato que eu responderei.
      Abraços!